João 20:29 – Felizes São Aqueles Que Não Viram e Creram

Os judeus pagam o preço até os dias de hoje por uma coisa que seus antepassados fizeram a muitos anos atrás, aproximadamente 8 horas da manhã o povo estava reunido como em uma festa mas na verdade era um julgamento entre um inocente e um criminoso onde um seria solto e o outro seria morto e em vez de fazer justiça e o que é certo o povo escolheu condenar um inocente a uma morte de cruz, Jesus foi açoitado e depois crucificado para morrer por pessoas que cuspiram nele, viviam com ele, pessoas que ele curava e até mesmo ressuscitou, mas você pode até mesmo pensar “mas não foram seus amigos que gritavam para mata-lo” mas se você pensar bem, seus amigos ajudaram para que ele chegasse naquela situação, eles poderiam impedir que isso acontecesse mas em vez disso não, primeiramente Judas se não o traísse e tê-lo vendido, Pedro que em vez de negar poderia defender a Jesus e sem contar os outros discípulos que nem foram mencionados nesse momento, eles provavelmente estavam vendo de longe acontecer a crucificação sem fazer nada; porém hoje em dia nós que vivemos pela graça e não mais pela lei somos felizes porque amamos a Jesus mesmo sem o ver, conversamos com ele, e cremos que ele um dia voltará e tudo isso sem nunca o ter visto por isso Jesus disse a Tomé “bem-aventurados os que não viram e creram.” porque aqueles que viram Jesus quiseram condená-lo.
Enquanto as palavras de Jesus eram doces como “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Todos queriam servi-lo mas quando começou a apertar e suas pregações ficaram mais duras muitos o deixaram, em João 6 descreve o momento em que a pregação de Jesus começa a endurecer e muitos murmuram e dizem “Duro é este discurso; quem pode suportá-lo?” (João 6:60) a grande multidão que o seguia e rodeava sempre, agora estava o rejeitando mas nós que somos a igreja de Cristo não devemos ser como os seus seguidores murmuradores e sim ser como Pedro que reconheceu sua dependência e disse “Senhor, para quem iremos? O senhor tem as palavras da vida eterna” nesse e em outros versículos como “Eu sou a videira, vós, as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer.” (João 15:5) podemos ver que sem Deus não somos nada, somos dependentes totalmente dele e é isso que deve nos motivar a seguir suas palavras e ensinamentos, se hoje você crê sem tê-lo visto alegre-se porque não precisa de uma aparição física para que Jesus seja menos ou mais real.

Gostou dessa reflexão? ela foi inspirada na música “Felizes São” do Grupo “Morada” ouça e não esqueça de compartilhar com seus amigos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: