Jeremias 18 – Vaso de Barro

“Como o vaso que ele fazia de barro se quebrou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer.”

Jeremias 18

Durante este capítulo Jeremias relata a visão que teve de um oleiro fazendo um vaso sobre as rodas, o que pode ter muitos significados diferentes que podemos aplicar a a nossas vidas.
No momento em que o barro esta girando nas rodas ele mostra todas suas imperfeições e o oleiro o molda para que fique perfeito a sua vista, assim Deus faz conosco, como diz no versículo 6, porque ele é soberano sobre nós e todas as vezes que fazemos algo de errado ele nos pune seja com provas ou dificuldades e assim molda para que fiquemos perfeitos diante dele; podemos também obter a lição de paciência, porque em vários momentos o vaso se quebra na mão do oleiro e em vez de jogá-lo fora ou desistir, o oleiro reconstrói e faz novamente seu vaso. No decorrer do capítulo Deus nos mostra o quão soberano ele é sobre Israel dizendo “Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão;” Podemos lembrar do tempo em que o povo estava no deserto indo para a terra prometida e Deus disse que aqueles que o desobedeceram não iriam entrar na terra e vemos que realmente não entraram, Deus ele moldou o povo que ele queria que entrasse em sua terra, os idólatras não entraram, os feiticeiros e que tinham maldades não entraram porque durante os 40 anos em que o povo estava perdido no deserto Deus esteve separando seus escolhidos.
Uma das qualidades do barro em relação a outros materiais como ouro, prata e bronze que derretem em certa temperatura é que o barro se firma e endurece, mesmo que fique queimado ele não se derrete, assim somos nós durante as tentações que acontecem em nossas vidas que em vez de nos derretermos nos momentos difíceis, Deus quer que nos fortalecemos; Outro ponto que observamos sobre o barro é que ele não tem valor, como podemos ver no decorrer da história pois não existiam guerras por causa do barro e sim pelo ouro e outras riquezas, nós não temos valor algum até que Deus estenda sua mão de misericórdia e nos molde para sermos sua obra prima, porque o barro antes de ser feito vaso é um simples material da natureza mas quando o oleiro prepara as rodas e começa a moldá-lo ele se torna algo de valor, o mundo nos vê como qualquer um olha pro barro, uma sujeira ou um simples material, já Deus ele nos vê como o oleiro que não vê mais o barro e sim um vaso e começa a colocar seu projeto em prática. Agora que somos vasos devemos ter cuidado para não deixar rachaduras porque como diz em Salmos 31:12 “Estou esquecido no coração deles, como um morto; sou como um vaso quebrado.” O que Deus quer dizer nesse versículo é que o povo esta ignorando tanto ele que agora ele parece um vaso rachado, algo que ninguém mais tem interesse em adquirir, em Jeremias 22: 28 diz “É, pois, este homem Jeconias um vil utensílio quebrado ou um utensílio de que ninguém se agrada? Por que razão foram arremessados fora, ele e a sua geração, e arrojados para uma terra que não conhecem?” esse é outro exemplo de que se formos um vaso na casa de Deus mas estivermos rachados Deus não vai se agradar, em um vaso rachado o azeite que Deus derramar não irá segurar ele escorrera para fora, tudo que um vaso rachado absorver, pregações, louvores serão perdidos por causa das rachaduras então devemos ser vasos sem nenhuma rachadura para que Deus nos encha até transbordar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: